Proposta de iniciativa popular quer proibir fogos de artifício com barulho

  • Por Jovem Pan com Agência Senado
  • 02/02/2018 10h22 - Atualizado em 02/02/2018 12h11
SPTurismo/José CordeiroQueima de fogos de Ano-Novo na Avenida Paulista, em São Paulo

Rojões, bombas e morteiros são fogos de artifício usados em muitas como Natal, Ano-Novo e vitórias no futebol. Mas um projeto de iniciativa popular no site do Senado quer proibir o uso desse tipo de dispositivo.

A proposta já conta com o apoio de mais de 50 mil internautas e está aberta a receber novas adesões até abril. A justificativa é que, além de incomodar os seres humanos, o barulho dos explosivos é prejudicial à saúde dos animais.

“Nos animais (os fogos) causam: desnorteamento, surdez, ataque cardíaco indo a óbito (principalmente aves), atropelamento em razão de fuga, etc”, diz a proposta.

Há ainda em análise no Senado dois projetos de lei sobre proteção dos animais que estão sendo relatados pelo senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA). O PLS 650/2015 cria o Sistema Nacional de Proteção e Defesa do Bem-Estar dos Animais (Sinapra).

Já o PLS 677/2015propõe a adoção do Estatuto dos Animais. Flexa Ribeiro disse que o Senado está aberto a novas sugestões.

Para apoiar uma ideia legislativa basta se cadastrar no portal e-cidadania.

Com informações da Rádio Senado.