Protesto contra reintegração paralisa Linha 12-Safira da CPTM

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 07/07/2017 09h24 - Atualizado em 07/07/2017 09h43
Segundo a Polícia Militar (PM), moradores estão sendo retirados de um terreno particular ocupado irregularmente na Rua Curupá, na Vila Formosa

A circulação dos trens da Linha 12-Safira da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi totalmente interrompida por volta das 8 horas da manhã desta sexta-feira (7), em razão de um protesto contra uma reintegração de posse na zona leste de São Paulo. Manifestantes atearam fogo em pedações de madeira e pneus sobre os trilhos, próximo à estação Engenheiro Goulart, conforme a CPTM.

Segundo a Polícia Militar (PM), moradores estão sendo retirados de um terreno particular ocupado irregularmente na Rua Curupá, na Vila Formosa. Por questão de segurança, não há previsão de retomada das operações normais da Linha 12. Todas as estações foram evacuadas e fechadas.

Ônibus foram acionados para substituir apenas o trajeto entre os terminais USP Leste e Tatuapé, através do Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese). A orientação é para que os passageiros utilizem a Linha 11-Coral para chegar às demais regiões do itinerário. Os passageiros que já haviam embarcado nos terminais estão recebendo os bilhetes de volta.