PSB escolhe Marina Silva, mas anúncio será apenas na quarta

  • Por Jovem Pan
  • 18/08/2014 10h52
Marina Silva acena durante cortejo do corpo de Eduardo CamposMarina Silva acena durante cortejo do corpo de Eduardo Campos

PSB escolhe Marina Silva para ser candidata no lugar de Eduardo Campos, mas partido só fará o anúncio oficial na quarta-feira.

De acordo com o senador licenciado Álvaro Dias, do PSDB, com a sucessão, a legenda socialista irá se destacar na corrida presidencial. Ele diz que apenas a Marina tem potencial para concorrer e que “qualquer outro seria figurativo”.

Na análise do senador Pedro Simon, do PMDB, a comoção gerada pela morte de Eduardo Campos deu visibilidade às propostas defendidas pelo candidato.

Para o peemedebista, é de Marina Silva a responsabilidade de converter a recente onda de admiração dos eleitores em votos durante a disputa eleitoral. “Eu não tenho dúvida nenhuma de que ela vai estar na disputa do primeiro lugar”, dioz Simon.

Pedro Simon e Álvaro Dias consideram que, tendo Eduardo Campos como cabeça de chapa, o PSB perderia protagonismo na corrida presidencial.

Antes, um segundo turno entre Dilma e Aécio Neves era dado como certo; agora, se Marina encabeçar a chapa do PSB, a disputa pode ficar mais acirrada.

Confira ainda no áudio acima mais informações do repórter Jovem Pan, José Maria Trindade.