PSDB, Bicudo, Reale Jr. e líderes de movimentos fazem novo pedido de impeachment contra Dilma

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2015 13h41
Brasília-DF 28-07-2015 Brasília/DF Lula Marques/ agência PT. Presidenta , Dilma participa do Encontro de trabalho - Pronatec Jovem Aprendiz na micro e pequena empresaDilma Rousseff

Os juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr., a advogada Janaína Paschoal, além do líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP) e líderes do movimento pró-impeachment como Rogerio Chequer, Kim Kataguiri e Marcello Reis fizeram nesta quinta-feira (15) um novo pedido de impeachment contra a presidente Dilma.

Registrado em um cartório em São Paulo, o pedido deve ser protocolado na Câmara dos Deputados nesta sexta-feira (16), para que Eduardo Cunha faça a apreciação.

De acordo com o líder do PSDB na Câmara, o pedido reúne argumentos que estão no aditamento ao pedido original de Bicudo, a respeito das pedaladas fiscais realizadas no ano passado e sobre a continuidade destas neste ano.

Para o jurista Miguel Reale Jr., a suposta negociação de Cunha com o Governo como forma de salvar seu mandato como presidente da Câmara em troca de não prosperar os pedidos de impedimento, “não enfraquece o pedido de impeachment”. Segundo ele, o acordo enfraquece o País e o sentimento de moralidade.

Carlos Sampaio afirmou ainda que este novo pedido de impeachment possui todos os elementos para ser aceito por Cunha.

*Informações do jornal Folha de S. Paulo