PSDB vai apresentar propostas para o Brasil, diz Alckmin

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/07/2017 08h04
De acordo com Alckmin, a convenção que deve ocorrer em agosto também deve discutir sugestões para a área econômica

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou há pouco que o PSDB deve apresentar, em convenção prevista para agosto, “um conjunto de propostas ousadas” para o Brasil. Segundo o tucano, algumas dessas propostas devem incluir a defesa do voto distrital misto e a adoção do parlamentarismo, além de medidas para tornar as campanhas mais baratas e proibir as coligações proporcionais.

A declaração de Alckmin foi dada após uma reunião de cerca de 4 horas realizada no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, com as principais lideranças do partido, entre elas o presidente interino da sigla, senador Tasso Jereissati (CE), o presidente afastado, senador Aécio Neves (MG), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o senador José Serra (SP) e o prefeito de São Paulo, João Doria. “Foi uma reunião muito proveitosa. Vai ficando claro na cabeça dos líderes qual é o rumo do partido”, disse o governador.

De acordo com Alckmin, a convenção que deve ocorrer em agosto também deve discutir sugestões para a área econômica, com “reformas macro e micro”. “Será um conjunto de propostas ousadas do PSDB para o Brasil”, afirmou o governador.