PSDB vai às bases para definir posições ideológicas

  • Por Jovem Pan/Victoria Abel
  • 21/10/2019 21h39
Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos DeputadosBruno Araújo

PSDB vai iniciar um trabalho de consulta às bases do partido para definir as diretrizes ideológicas da legenda. O presidente nacional da PSDB, Bruno Araujo, afirmou nesta segunda-feira (21) à Jovem Pan que essa é uma tentativa de dar uma “cara” ao partido.

A intenção é que as decisões tomadas em conjunto com a militância possam dar segurança para que a sigla tome posições e tenha atitudes mais firmes com relação a temas discutidos na sociedade.

Um processo de votação virtual será aberto para os filiados responderem cerca de 30 questões ao longo do mês de novembro e início de dezembro. Entre perguntas, estarão temas como a legalização do aborto, cobrança de mensalidade nas universidades públicas, porte de arma, voto facultativo ou obrigatório e apoio ou não as pautas do governo Jair Bolsonaro.

“Muitas vezes o partido não se posicionou em questões vigentes na sociedade. O PSDB está buscando sua revigoração. Ainda estamos vindo de uma ressaca eleitoral. Estamos em um processo de reencontro”, disse Bruno Araujo.

Com a iniciativa, o partido tenta mudar a imagem de um partido que está sempre em cima do muro e do qual pouco se sabe sobre a linha ideológica que segue. “A sociedade cobra posições dos partidos políticos”, afirmou Bruno Araujo.

Segundo o presidente do PSDB, o partido permanecerá apoiando as pautas econômicas do governo Bolsonaro, mas poderá fazer oposição a pautas de costumes. “O PSDB vai reagir as pautas que não respeitam as minorias, as diversidades”, declarou.

O protagonismo de Doria

Questionado se o protagonismo de João Doria no partido define a linha a ser seguida pela legenda, Bruno Araujo quis lembrar de outro tucanos que compõem o PSDB. “Nós temos outros grandes nome no partido que são sempre alternativas”, disse o presidente da sigla ao mencionar as eleições de 2022.