Regina Duarte acredita que será dispensada do governo Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2020 14h41 - Atualizado em 05/05/2020 15h16
Fátima Meira/Futura Press/Estadão ConteúdoA atriz Regina Duarte é a atual secretária especial de Cultura do governo Jair Bolsonaro

A secretária especial da Cultura, Regina Duarte, acredita que será dispensada do governo do presidente Jair Bolsonaro. A suspeita veio após a recondução de Dante Henrique Mantovani para a presidência da Fundação Nacional de Artes (Funarte).

A nomeação consta em publicação do Diário Oficial, desta segunda-feira (4), assinada pelo ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto. As afirmações de Regina foram ouvidas pela reportagem da revista Crusoé ao telefonar para uma das assessoras da secretária.

Segundo a revista, a conversa revela a surpresa de Regina ao ser informada que Mantovani voltou para Funarte. “Que loucura isso, que loucura. Eu acho que ele [Bolsonaro] está me dispensando”, afirmou a secretária.

Em março, Mantovani foi dispensado do cargo a pedido de Regina. A secretária, segundo a revista, espera ser recebida pelo presidente até a esta sexta quando deve apresentar um plano de trabalho para Cultura e tratar sobre a recondução de Mantovani ao cargo.

O atual presidente da Funarte mantém um canal no Youtube e, em alguns desses conteúdos, ele fez afirmações que que acabaram viralizando nas redes sociais. Mantovani afirmou que o “rock ativa as drogas, que ativam o sexo livre, que ativa a indústria do aborto, que ativa o satanismo”.