Regras para uso de aviões da FAB devem mudar, diz Onyx

  • Por Jovem
  • 03/02/2020 12h02
Marcelo Camargo/Agência BrasilOnyx elogiou Santini, mas disse que decisão de demissão do presidente deve ser respeitada

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou hoje em entrevista à Rádio Gaúcha que as regras para o uso dos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) em agendas de membros do governo devem ser alteradas após o episódio envolvendo Vicente Santini, ex-secretário da pasta.

“Vamos trabalhar para tornar isso as regras para o uso dos aviões mais claro”, disse o ministro. O modelo que o novo regulamento deve se basear é uma normativa da Organização das Nações Unidas (ONU), que trata do uso de aviões por membros de governos. As normas levam em conta critérios como distância percorrida, faixa etária e volume de trabalho.

Onyx disse que a crise instalada após a demissão de Santini é uma “situação a ser ajustada, passível de várias interpretações”. Ele elogiou o ex-secretário, mas afirmou que a decisão do presidente devia ser respeitada. Vicente Santini foi demitido após o presidente Bolsonaro se irritar com sua ida do Fórum Econômico Mundial, em Davos, à Nova Délhi, na Índia, usando um avião da FAB.

“Santini sempre foi uma pessoa correta e teve comportamento adequado, é preparado. Mas na opinião do presidente, ele cometeu um equivoco”, disse. Perguntado se permitiu a viagem feita por Santini, Onyx reiterou que estava de férias durante o período e, por isso, não fez parte da decisão.

* Com informações do Estadão Conteúdo.