Relator dá sinal verde e sabatina de Aras no Senado é marcada para dia 25

  • Por Jovem Pan
  • 18/09/2019 11h32
ESTADÃO CONTEÚDONo mesmo dia, votação em plenário deve acontecer

A sabatina do subprocurador Augusto Aras, indicado para o cargo de procurador-geral da República (PGR) pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), vai acontecer na próxima quarta-feira (25) no Senado Federal. A data foi marcada após o relatório do senador Eduardo Braga (MDB-AM), favorável à indicação, ter sido lido, nesta quarta-feira (18), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

No documento, Braga destaca que Aras cumpriu todas as exigências técnicas e legais necessárias à indicação ao cargo. Entre elas, o compromisso – apresentado ao Colégio de Líderes e declarado em carta entregue ao senador – de devolver a carteira de advogado à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de se retirar da Sociedade Aras Advogados Associados, caso seja aprovado no Senado.

A leitura do relatório, seguida de um pedido de vista automático de uma semana, dá sinal verde para a sabatina e votação do nome do indicado na reunião da CCJ da próxima quarta-feira (25). No mesmo dia, a indicação de Aras deverá ser submetida – em regime de urgência – ao plenário da Casa. Em ambos os casos, a votação será secreta.

Durante a sabatina, entre outros pontos, Aras deverá ser questionado pelos senadores sobre temas polêmicos, como a independência da Operação Lava Jato e  assuntos que envolvam membros do Executivo, questões ambientais e pauta de costumes.

*Com informações da Agência Brasil