Réveillon no estado do Rio de Janeiro terá 15 mil policiais militares

  • Por Jovem Pan
  • 28/12/2019 15h19
Alessandro Buzas/Estadão ConteúdoMovimentação na praia de Copacabana no Rio de Janeiro (RJ)

A segurança será reforçada na festa de Réveillon no Rio de Janeiro. A Polícia Militar vai mobilizar 15 mil agentes e 2 mil viaturas na capital, na Região dos Lagos e na Costa Verde.

Na Praia de Copacabana, onde são esperadas 2,8 milhões de pessoas para acompanhar os shows e a queima de fogos, serão alocados 2.049 policiais e 112 viaturas, além de 30 torres de observação, sendo 13 na areia e 17 no calçadão.

A mais famosa festa da virada do país também contará com grupos de proximidade de multidão do Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios e do Rondas Especiais e Controle de Multidões, além de policiamento com cães e a cavalo. O Grupamento Aeromóvel vai monitorar toda a orla, transmitindo imagens em tempo real para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova.

Na capital, haverá reforço da Polícia Militar também em outros pontos de aglomeração de pessoas, onde haverá shows ou queima de fogos: Praia do Flamengo; Ilha de Paquetá; Central do Brasil, Parque de Madureira; IAPI da Penha; Praia da Bica, na Ilha do Governador; Piscinão de Ramos; Praia do Recôncavo, em Sepetiba; Praia de Guaratiba; e orlas da Barra da Tijuca e Recreio.

A Polícia Militar vai reforçar a segurança, ainda, em Niterói, Maricá, Cabo Frio e Angra dos Reis, onde os policiais vão atuar em conjunto com a ordem pública das prefeituras, e no patrulhamento da malha rodoviária do estado, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal e as concessionárias das rodovias.

*Com Agência Brasil