Rio de Janeiro tem temporal de quase 13 horas na primeira noite de carnaval

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2019 18h35 - Atualizado em 02/03/2019 18h37
CELSO PUPO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOSambódromo alagou na madrugada deste sábado, 2

A cidade do Rio de Janeiro ficou 13 horas em estágio de atenção provocado pelo temporal, decretado pelo Sistema Alerta Rio às 18h40 de onte, 1. A cidade voltou ao estágio de normalidade às 6h35 da manhã de hoje, 2. As ruas ficaram alagadas e árvores foram derrubadas com a força do vento. O alagamento do Sambódromo atrasou o início do desfile das escolas do Grupo A, na Marquês de Sapucaí.

Somente no bairro da Saúde, onde fica o pluviômetro do Sambódromo, choveu 44,4 milímetros de 17h45 às 21h45 de ontem (1º), o correspondente a 36,7% da média histórica de chuva para esta estação em março. Com o lixo levado pelo temporal, a Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) mobilizou uma equipe de mais de 400 garis para desobstruir 710 bueiros e raspar 880 metros de vias públicas.

Por medida de segurança, a Avenida Niemeyer, que liga o bairro de São Conrado ao Leblon, ficou interditada. O mesmo aconteceu com a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, uma das opções de trânsito entre as zonas norte e oeste da cidade.

Na cidade toda, a média de chuva foi de 47,6mm, o que corresponde a 34,4% da média histórica de março para a cidade. Em apenas 15 minutos, a estação do Recreio dos Bandeirantes registrou o maior volume de chuva (34 mm), seguida dos bairros Barra–Riocentro (31,2 mm), Alto da Boa Vista (30,8 mm), Grota Funda (28,6 mm) e Estrada Grajaú-Jacarepaguá (27,2) mm.

O Sistema Alerta Rio informa que a Zona de Convergência de Umidade vai perder força no decorrer deste sábado. A previsão é de céu nublado a encoberto, com chuva fraca a moderada pela manhã e à tarde, com chuva fraca isolada à noite. As temperaturas estarão em declínio, com máxima prevista de 29°C e mínima de 21°C.

*Com Agência Brasil