Rio terá turnos de trabalho para não lotar transporte público

O decreto do prefeito Marcelo Crivella determinará horários diferenciados de turnos de trabalho para os setores da indústria, comércio e serviços

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2020 12h43
Dikran Junior/Futura Press/Estadão CnteúdoO estado do Rio de Janeiro é o segundo mais afetado pelo coronavírus no Brasil

Os cariocas que estão autorizados a trabalhar durante a pandemia de coronavírus terão de respeitar turnos para acessar o transporte público. A medida foi decidida pelo prefeito, Marcelo Crivella, e será detalhada em decreto a ser publicado no Diário Oficial do Município neste domingo (5) ou na manhã desta segunda.

O decreto determinará horários diferenciados de turnos de trabalho para os setores da indústria, comércio e serviços. A informação foi divulgada em nota pela assessoria da prefeitura.

“O início do primeiro turno será para os setores das fábricas, depois as atividades essenciais mantidas abertas e, na sequência, o setor de serviços. Essa medida tem por objetivo acabar com a lotação dos meios de transportes, evitando aglomerações contagiosas”, comentou Crivella.

Segundo o prefeito, todos os esforços feitos pela Guarda Municipal, Polícia Militar e pelos fiscais da Secretaria municipal de Transportes se mostraram ainda insuficientes para evitar a aglomeração em trens, barcas, metrô e ônibus.

“Pensamos nessa opção desde o dia 13 de março, quando fizemos nossa primeira reunião do gabinete de crise. Mas, por falta de implementação voluntária, passará a vigorar por força de lei”, afirmou Crivella.

*Com informações da Agência Brasil