RJ: Prefeito e vereadores de Barra Mansa são afastados em operação contra corrupção

Segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), eles são acusados de corrupção e formação de organização criminosa

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2020 10h04 - Atualizado em 14/07/2020 10h05
Agência BrasilO MPRJ não deu detalhes sobre as investigações ou sobre o esquema criminoso supostamente cometido pelos denunciados

O Ministério Público e a Polícia Civil cumprem, nesta terça-feira (14), 11 mandados de busca e apreensão na prefeitura e na Câmara dos Vereadores de Barra Mansa, cidade do Rio de Janeiro. Com a operação, o prefeito da cidade, Rodrigo Drable Costa, dois vereadores e um oficial da Polícia Militar, que tem cargo comissionado na prefeitura, foram afastados dos cargos por determinação da Justiça.

Segundo informações do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), eles são acusados de corrupção e formação de organização criminosa. Além da prefeitura e da Câmara, os agentes fazem buscas em outros endereços ligados ao prefeito, aos vereadores Zélio Resende Barbosa e Paulo Afonso Sales Moreira e ao coronel PM Jorge Ricardo da Silva.

O MPRJ não deu detalhes sobre as investigações ou sobre o esquema criminoso supostamente cometido pelos denunciados porque o processo tem sigilo decretado.

*Com informações da Agência Brasil