Roberto Jefferson: recomendo a Lula resignação, paciência, humildade e calma

  • Por Estadão Conteúdo
  • 05/04/2018 19h57
Valter Campanato/Agência Brasil"Não tenho sentimento de vingança em relação a Lula. Também não desejo seu mal", afirmou o ex-deputado federal

Autor da denúncia do esquema do mensalão do PT em 2005, o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-SP) recomendou nesta quinta-feira (5) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) resignação, paciência, humildade e calma na prisão. O petista teve a prisão decretada pelo juiz federal Sérgio Moro, que deu até as 17 horas desta sexta-feira, 6, para que o ex-presidente se apresente à Polícia Federal.

“Não tenho sentimento de vingança em relação a Lula. Também não desejo seu mal. Muito menos comemoro sua prisão. Já passei por isso e sei o quanto uma prisão é desumana, cruel”, afirmou Jefferson, que passou dois anos presos, após ser condenado no processo do mensalão. “Recomendo a Lula resignação, paciência, humildade, calma. Que saiba tirar as lições necessárias”, emendou o ex-deputado, que é presidente nacional do PTB.