Rodolfo Landim desiste de presidir conselho de administração da Petrobras

Presidente do Flamengo manifestou preocupação em não conseguir se dedicar aos dois cargos ao mesmo tempo e abriu mão da indicação

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2022 07h40 - Atualizado em 03/04/2022 07h44
DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO landim Rodolfo Landim é presidente do Flamengo desde 2019

Luiz Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, anunciou na madrugada deste domingo, 3, que desistiu de presidir o conselho de administração da Petrobras. Em nota publicada no site oficial do clube, o empresário afirmou que enviou uma carta ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e manifestou preocupação em não conseguir se dedicar aos dois cargos ao mesmo tempo. “Apesar do tamanho e da importância da Petrobras para o nosso país, e da enorme honra para mim em exercer este cargo, gostaria de informá-lo que resolvi abrir mão desta indicação, concentrando todo meu tempo e dedicação para o ainda maior fortalecimento do nosso Flamengo”, disse Landim aos torcedores.

“Encaminhei ao Exmo Ministro de Minas e Energia, Sr. Bento Albuquerque, um documento com esta posição, deixando claro meu agradecimento pelo convite e relatando minha preocupação em não conseguir, dada a dedicação que as duas instituições demandariam nesse momento, exercer ambas as funções com a excelência por mim desejada e à altura que a Petrobras e o Flamengo merecem”, continuou. Landim afirmou ainda que “os últimos acontecimentos” demonstraram a necessidade de um compromisso maior com o clube. “Como sempre falei, ao ter sido reeleito pelos sócios para um mandato de mais três anos, exercer bem o cargo de presidente do Flamengo é minha total prioridade”, concluiu. O governo federal indicou Landim ao cargo no dia 6 de março. A eleição aconteceria no próximo dia 13. Ele ingressou na Petrobras em 1980, onde trabalhou por 26 anos em funções de gerência.