Governador de Goiás, Ronaldo Caiado é internado com dores no peito

Segundo nota do Hospital do Coração, divulgada no início da noite desta quarta, a suspeita de infarto agudo do miocárdio foi descartada após a realização dos exames laboratoriais e de imagem

  • Por Rafaela Lara
  • 09/10/2019 16h31
Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, é transferido para Sírio Libanês, em São Paulo, após sentir fortes dores no peito

O governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), 70 anos, foi internado com fortes dores no peito na tarde desta quarta-feira (9). Segundo nota enviada por sua assessoria de imprensa à Jovem Pan, o governador foi internado, em estado estável, no Hospital do Coração de Goiás, onde passou por exames e acompanhamento médico.

Ainda segundo a nota, o governador sentiu dores no peito no início da tarde, durante o trabalho, e foi encaminhado ao hospital pouco depois. “O governador está bem, seu quadro é estável e o mesmo está consciente”, diz o comunicado.

Segundo nota do Hospital do Coração, divulgada no início da noite desta quarta, a suspeita anterior de infarto agudo do miocárdio foi descartada após a realização dos exames laboratoriais e de imagem. Segundo o hospital, o governador “encontra-se em boas condições clínicas”.

Apesar do quadro estável, por decisão da família do governador, ele deve ser transferido ainda na noite desta quarta (8) para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para realização de nova bateria de exames, “sob os cuidados da Dra. Ludhmila Abrahão Hajjar, médica que o acompanha há mais de dez anos”, informa a assessoria do governo de Goiás.