Seap usa drones para fiscalização de segurança no Complexo de Gericinó, no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2019 11h45 - Atualizado em 07/04/2019 11h47
Reprodução/Wikimedia CommonsOs drones foram doados à Secretaria pelo Gabinete de Intervenção Federal

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) usou pela primeira vez, deforma simultânea, neste sábado (06), seus três drones para fiscalização da segurança no Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Um dos drones sobrevoou a portaria centeal e outros dois ficaram em pontos estratégicos e que possuíam vistas para as ruas de acesso lateral e os fundos do complexo penitenciário.

De acordo com o subsecretário geral de Administração Penitenciária, coronel Ricardo Alexandre Naldoni, em entrevista ao jornal Extra, “o objetivo é aumentar a fiscalização e o controle de acesso ao Complexo de Gericinó, além de combater a entrada de materiais ilícitos”.

Os drones foram doados à Secretaria pelo Gabinete de Intervenção Federal. Eles também podem ser usados para a vigilância do perímetro de unidades prisionais, verificação de eventuais ameaças e monitoramento de motins e rebeliões em tempo real.