Secretaria confirma primeira morte por sarampo em SP

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2019 12h35 - Atualizado em 29/08/2019 05h58
Tomaz Silva/Agência BrasilA vítima foi um homem de 42 anos, sem histórico de imunização contra a doença

Foi confirmada nesta quarta-feira (28) a primeira morte por sarampo na cidade de São Paulo. A vítima, que teve a causa do óbito confirmada na terça-feira (27), foi um homem de 42 anos que não teria se imunizado contra a doença.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o Programa Estadual de Imunização prevê que pessoas com idade entre um ano e 29 anos devem ter pelo menos duas doses da vacina tríplice viral que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba. Acima desta faixa, até 59 anos, é preciso ter pelo menos uma dose.

Em nota, a Secretaria informou que “o Centro de Vigilância Epidemiológica estadual realiza monitoramento contínuo da circulação do vírus. Neste ano, até o momento, há 2.457 casos confirmados no Estado; destes, 66,6% se concentram na capital, com 1.637 casos. Além disso, nesta terça-feira (27), foi confirmado o primeiro óbito por sarampo na capital. A vítima foi um homem de 42 anos, sem histórico de imunização contra a doença.”