Secretaria de Segurança Pública do Ceará deixa de divulgar número de homicídios no estado

Até a última atualização da pasta, o número de homicídios chegava a 170. O estado vive uma crise na segurança pública devido à paralisação de parte da Polícia Militar

  • Por Rafaela Lara
  • 27/02/2020 18h35 - Atualizado em 27/02/2020 19h00
Reprodução/TV Globo pm ceara batalhao

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará informou nesta quinta-feira (27) que não irá mais divulgar os dados de homicídios ocorridos no estado durante o motim de parte da Polícia Militar, que já dura dez dias.

De acordo com a secretaria, as informações foram divulgadas oficialmente até esta terça. A justificativa da pasta é o “acúmulo de trabalho no setor de estatística” com o fim das comemorações de Carnaval.

“Agora, a Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp), setor responsável pela contabilidade dos dados, retorna ao trabalho habitual para consolidar os números e realizar a divulgação dos dados mensais e das principais ocorrências diárias no site da SSPDS”, informou, por meio de nota.

De acordo com o último balanço feito pela pasta, o número de homicídios desde o início do motim dos policiais militares chegou a 170. Os números demonstram um aumento significativo de homicídios desde que a crise na segurança pública se instalou no estado.

O decreto da Garantia de Lei e da Ordem (GLO) no Ceará, que foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, termina nesta sexta-feira (28). Ainda não há uma definição no governo se haverá prorrogação da GLO.

Nesta quinta, Bolsonaro participou de reunião com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, sobre a operação em vigor no Ceará. Estiveram presentes também o ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), General Heleno (GSI), General Braga Netto (Casa Civil) e o Luiz Ramos (Secretaria de Governo).

Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE) informa que divulgou notas com o balanço diário de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), de forma extraordinária, até o dia 25 de fevereiro. Agora, a Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp), setor responsável pela contabilidade dos dados, retorna ao trabalho habitual para consolidar os números e realizar a divulgação dos dados mensais e das principais ocorrências diárias no site da SSPDS. Com o fim do Carnaval, há um acúmulo de trabalho no setor de estatística, que deve ser normalizado nos próximos dias.”