Seis ‘macacos’ são instalados para erguer viaduto; obras vão afetar trens

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2018 14h41 - Atualizado em 27/11/2018 15h06
Marcelo Gonçalves/Estadão ConteúdoCom milímetros por hora, alteamento do viaduto deve durar 10 dias

Seis macacos hidráulicos começaram a ser instalados, nesta terça-feira (27), para erguer o viaduto que cedeu sobre a Marginal Pinheiros. Uma base de concreto foi construída pela Prefeitura para suportar as estruturas. As principais obras devem acontecer no sábado (1°), quando a circulação de trens na Linha 9-Esmeralda será afetada.

O prefeito Bruno Covas (PSDB), que está sendo investigado por omissão no acidente ocorrido em 15 de novembro, foi ao local e disse que o objetivo até aqui foi evitar que o elevado cedesse ainda mais. Uma viga artificial feita em ferro, chamada de pilar de alívio, foi instalada para suportar 200 das 500 toneladas da fração do viaduto.

Com os macacos, a estrutura vai voltar à posição original – dois metros acima de onde está no momento. O processo será lento, de milímetros por hora, e pode durar 10 dias. “A gente em breve vai poder ter certeza de qual hipótese é a verdadeira em relação ao que aconteceu e qual vai ser a obra necessária para recuperar o viaduto”, explicou Covas.

Circulação de trens

O “alteamento” da estrutura vai causar interrupção parcial na circulação da Linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) no sábado. A Prefeitura vai oferecer ônibus para os trechos de paralisação, ainda não definidos. O horário da operação, que deve acontecer pela manhã, será confirmado nos próximos dias.

*Com informações do Estadão Conteúdo