‘Sem aventuras’, diz Mourão sobre intervenção do Brasil na Venezuela

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2019 15h34 - Atualizado em 25/02/2019 15h40
Ernesto Rodrigues/Estadão Conteúdo"Condenamos o regime de Nicolás Maduro e estamos indignados com a violência contra a população venezuelana", escreveu o general

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta segunda (25) que o Brasil não fará intervenção na Venezuela para resolver a crise no regime de Nicolás Maduro. Através do Twitter, o general afirmou que o país seguirá atuando na região, mas ‘sem aventuras’.

“Vamos manter a linha de não intervenção, acreditando na pressão diplomática e econômica internacional para buscar uma solução pacífica”, escreveu o vice. “Sem aventuras. Condenamos o regime de Nicolás Maduro e estamos indignados com a violência contra a população venezuelana.”

Mourão embarcou na tarde de domingo (24) para a reunião do Grupo de Lima, que reúne doze países da América Latina interessados na questão venezuelana. A maior parte do conjunto defende a deposição de Maduro.

Na semana passada, soldados venezuelanos abriram fogo contra civis que se opunham à operação que buscava impedir o acesso à Venezuela de caminhões com ajuda humanitária. Duas pessoas morreram no incidente. Ao menos 162 militares abandonaram cargos nas Forças Armadas do país, fugindo para o Brasil e a Colômbia desde o último sábado (23).

Com Agência Estado