Senado aprova MP que reduz repasses obrigatórios ao Sistema S

  • Por Jovem Pan
  • 24/06/2020 09h40 - Atualizado em 24/06/2020 09h41
Pedro Franca / Agência SenadoOs parlamentares alteraram a proposta inicial e diminuíram o período do corte das contribuições de três para dois meses

O Senado Federal aprovou na terça-feira (23),  a Medida Provisória 932, que reduz as contribuições obrigatórias de empresas para financiamento de serviços sociais autônomos, o Sistema S, durante da pandemia da Covid-19. O texto segue agora para sanção presidencial.

Ao ser aprovada pelo Senado, no entanto, foi alterada pela Câmara dos Deputados. Os parlamentares alteraram a proposta inicial e diminuíram o período do corte das contribuições de três para dois meses. O relator da medida na Casa, o deputado Hugo Leal (PSD-RJ), modificou o texto enviado pelo governo e determinou a redução de 50% nos meses, abril e maio, sendo que mês de junho de 2020, já será retomada a alíquota de contribuição permanente. A alteração da Câmara foi mantida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), relator da MP no Senado.

Durante o período de redução, as contribuições das empresas ao Sistema S caem de 2,5% para 1,25%. A contribuição devida pelas empresas, transportadores autônomos e empresas rodoviárias a Sesi, Sesc e Senat também ficam reduzidas em 50% nos meses de abril e maio e voltam ao normal em junho.

*Com informações do Estadão Conteúdo e da Agência Senado