Sessão da CCJ é encerrada após bate-boca de Guedes com deputado: ‘Tchutchuca é a mãe, é a sua avó’

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2019 21h45
ANDRÉ COELHO/ESTADÃO CONTEÚDOPaulo Guedes reage a provocações de opositores durante sessão da CCJ

A audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) sobre a reforma da Previdência realizada nesta quarta-feira (3), chegou ao fim após troca de ofensas entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o deputado Zeca Dirceu (PT-PR), filho do ex-ministro, José Dirceu.

Depois de seis horas e meia de sessão com sucessivos bate-bocas, o filho do ex-ministro, José Dirceu, em tom crítico, perguntou a razão pela qual Guedes começou as reformas com a da Previdência e não alterações que afetassem os banqueiros.

Por fim, o deputado petista acusou o ministro de Jair Bolsonaro de ser “tigrão” com os aposentados, idosos de baixa renda e agricultores, mas “Tchutchuca” com privilegiados do Brasil.

Confira o momento em que Zeca Dirceu provoca o ministro Paulo Guedes:

Guedes não gostou da provocação e reagiu com destempero fora do microfone: “Tchutchuca é a mãe, é a sua avó”. A partir daí o clima da sessão ficou insustentável e o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), teve que acabar com a audiência.

Sem experiência e com apenas 27 anos, ele não conseguiu conduzir com firmeza a audiência. Por várias vezes, a alta tensão e a gritaria dominaram a audiência. Especialmente por parte dos oposicionistas, que abusaram das ironias e ataques ao atual governo.

Com informações de Agência Estado