Sob quarentena, SP registra curva de coronavírus menor que a do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2020 16h53
Governo do Estado de São PauloGermann: "Esses dados mostram que estamos no caminho certo. Continuem o isolamento social, que não pode ser afrouxado"

José Henrique Germann, secretário da Saúde do Estado de São Paulo, afirmou que o crescimento no número de casos de covid-19 em São Paulo foi de 14% nas últimas 24 horas, com um total de 1.223. De acordo com ele, o número de mortos no Estado é de 69, sendo que 70 pessoas estão internadas em estado grave.

Germann defendeu a manutenção do isolamento social e da quarentena. Ele atribuiu os números ao isolamento social promovido pelo governo estadual. As estatísticas mostram uma alta de infecções menor do que no resto do Brasil.

“Em 15 de março, eram 152 casos confirmados no Estado, chegando a 862 no dia 25, crescimento de 467%. No Brasil, o crescimento foi de 939% no mesmo período. As medidas tomadas pelo governo do Estado estão em linha com a literatura e as demais histórias de epidemias que se conhece, que é a questão de evitar as aglomerações. Esses dados mostram que estamos no caminho certo. Continuem o isolamento social, que não pode ser afrouxado”, disse.

* Com Estadão Conteúdo.