Doria: 2019 teve os menores índices de roubos a bancos, latrocínios e homicídios da história

  • Por Jovem Pan
  • 24/01/2020 16h00 - Atualizado em 26/01/2020 13h48
Aloisio Mauricio/Estadão ConteúdoDoria divulgou em primeira mão a queda dos principais indicadores criminais de 2019 em SP

O governador João Doria divulgou nesta sexta-feira (24) novos dados sobre a violência no Estado de São Paulo. Pelas redes sociais, ele afirmou que 2019 teve os menores índices de roubos a bancos, latrocínios e homicídios da história.

A diminuição no número de roubos de bancos foi de 61,1%. De latrocínios, 28,9% e de homicídios, 5,8%. Já de roubos de carga, 16,2%, menor índice desde 2011.

“Parabéns a todos os profissionais que atuam na área da segurança pública. Durante a campanha, prometi que essa seria uma área prioritária do nosso governo. Os números comprovam que estamos no caminho certo”, escreveu Doria.

O seu governo se elegeu com a bandeira de combater a violência em São Paulo. Em entrevista ao Jornal da Manhã na segunda-feira (21), Doria disse que desde janeiro no ano passado tem uma estratégia de “aprisionar todos os bandidos”.

“Esse é o Governo que teve coragem de colocar líderes do PCC, inclusive líderes máximos, como Marcola, em prisões federais, em uma ação conjunta com o ministro da Justiça Sergio Moro. Não há glamour nenhum [em ser do PCC] em São Paulo. Aqui é bandido na cadeia. Sem perder o respeito pelo ser humano, mas se eles reagirem, os policiais de São Paulo tem a orientação. Eles não vão para a prisão, vão para o cemitério”, afirmou.