SP autoriza duas empresas a fazerem estudos para concessão de marginais

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2019 13h06
Estadão ConteúdoUm trecho de Marginal Pinheiros cedeu cerca de dois metros em novembro de 2018

O governo de São Paulo autorizou duas empresas a realizarem estudos de viabilidade técnica e financeira para a concessão das marginais Pinheiros e Tietê. Ao todo, foram três interessadas, mas as escolhidas foram: Infra SP Participações e o grupo composto por Queiroz Maluf, ATP Engenharia C3 e Addax.

Também está incluído no pacote parte da rodovia Raposo Tavares (entre a marginal Pinheiros e o Km 34 da estrada), trecho adicionado à concessão para aumentar o apetite das empresas pelo investimento.

As companhias deverão fazer estudos sobre a viabilidade técnica, operacional, jurídica e econômico-financeira do projeto. O objetivo é revitalizar, modernizar e entregar a manutenção das vias ao setor privado.

As empresas têm 150 dias para apresentar a conclusão dos estudos.

*Com informações do Estadão Conteúdo