SP: Cinemas poderão reabrir na próxima fase de flexibilização; veja regras

Prefeitura de São Paulo publicou regras sanitárias para estabelecimentos neste sábado, 5

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2020 18h07
Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo Normas exigem distanciamento social e higienização nos cinemas da capital

Os cinemas poderão voltar a funcionar em São Paulo na fase verde da reabertura, próxima na escala estabelecida pelo Plano SP, do governo estadual. Os estabelecimentos poderão reabrir por oito horas diárias e operar com 60% da capacidade, segundo regras sanitárias publicadas neste sábado, 5, pela Prefeitura de São Paulo, no Diário Oficial. Atualmente, a cidade está na fase amarela de flexibilização.

Além de estabelecer o período de funcionamento dos cinemas e a capacidade, a gestão municipal decidiu que a utilização de máscaras em todos os ambientes será obrigatória. Deve haver espaçamento entre as poltronas, para evitar aglomerações. O casal que adquirir os ingressos poderá escolher assistir ao filme lado a lado. As salas de exibição deverão ser submetidas a “intenso processo de desinfecção prévia, especialmente as áreas de processamento ou venda de alimentos, os banheiros e as áreas de acesso público.”

Os frequentadores poderão ser submetidos a exames de medição de temperatura, e as pessoas com sintomas de gripe e sinais de febre não terão a entrada permitida. A prefeitura indica que os cinemas devem priorizar as vendas de ingressos pela internet, para evitar filas e aglomerações. De acordo com os dados do Governo do Estado, a cidade de São Paulo tem 267.477 casos de covid-19, e 11.717 mortes. O Estado registra 31.313 óbitos e 853.085 casos confirmados.

* Com Estadão Conteúdo