Teich recusa convite para ser conselheiro da Saúde: ‘Não seria coerente’

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2020 12h32
Gabriela Biló/Estadão ConteúdoTeich deixou o comando do Ministério da Saúde antes de completar um mês no posto

Nelson Teich agradeceu ao ministro interino do Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello, o convite para ser conselheiro do órgão, mas recusou a proposta. Segundo o ex-ministro da Saúde, aceitar o cargo não seria coerente.

“Agradeço ao Ministro Interino Eduardo Pazuello pelo convite para ser Conselheiro do Ministério da Saúde, mas não seria coerente ter deixado o cargo de Ministro da Saúde na semana passada e aceitar a posição de Conselheiro na semana seguinte”, escreveu o ex-ministro em seu Twitter.

Ele pediu exoneração do cargo antes de completar um mês no posto.

Teich afirmou ainda que pretendia levar ao Ministério um modelo técnico de gestão, para aumentar a eficiência dos serviços. Entretanto, ele diz que isso não significa apenas uma condução puramente técnica, o que, segundo o próprio, seria “simplista”.

“Uma condução técnica do Sistema de Saúde significa uma gestão onde estratégia, planejamento, metas e ações são baseadas em informações amplas e precisas, acompanhadas continuadamente através de indicadores”, postou, para depois desejar sorte a Pazuello na condução da pasta.

*Com Estadão Conteúdo