Temer assina termo que dá posse a Grace Mendonça como advogada-geral da União

  • Por Estadão Conteúdo
  • 14/09/2016 13h02
Subcomissão Permanente em Defesa do Emprego e da Previdência Social, da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) realiza audiência pública para debater o tema "Cotas para negros nos concursos públicos: experiências e novos caminhos". Mesa E/D: Coordenadoria de Igualdade Racial de Cubatão (SP), Júlio Evangelista Santos Júnior; Diretor-Geral do Instituto Rio Branco – IRBr, Georges Lamazière; Secretário- geral da secretaria de políticas de promoção da igualdade- SEPPIR, Mario Theodoro; Presidente da CASEMP, senador Paulo Paim (PT-RS); Secretária- geral de contencioso da Advocacia Geral da União, Grace Maria F. Mendonça; Coordenador da Comissão de Direitos Humanos da Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul - PGE/RS, Carlos César D´Elia; Diretor Executivo da Educação para Afrodescendentes e Carentes – EDUCAFRO, Frei David Santos.Grace Maria Mendonça deve ser nomeada nova advogada-geral da União

O presidente Michel Temer assinou, nesta quarta-feira, 14, em cerimônia no Palácio do Planalto, o termo que dá posse a Grace Mendonça como advogada-geral da União (AGU). Grace chega ao governo após a demissão de Fábio Medina Osório e é a primeira mulher no primeiro escalão do governo.

Ao deixar o cargo, Medina fez acusações de que integrantes de governo queriam barrar sua atuação na Operação Lava Jato. A nova AGU e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, já são alvos de questionamentos em relação às acusações de Medina.

Na última terça-feira, 13, um grupo de parlamentares protocolou uma representação no Ministério Público Federal contra Padilha e Grace para que sejam investigadas as denúncias de que eles teriam criado obstáculos a ações de aprofundamento, no âmbito do governo, das investigações promovidas pela força-tarefa da Polícia Federal.

A avaliação do governo é de que isso não deve prosperar. Segundo interlocutores do Planalto, não há preocupação em relação ao andamento do pedido, já que tudo foi feito conforme a lei. A reação de fontes do Planalto é de “tranquilidade” em relação ao tema. Em seu discurso de posse, Grace agradeceu a “missão nobre e desafiadora” concedida.