Temer formaliza tucano Aloysio Nunes como líder do governo no Senado

  • Por Estadão Conteúdo
  • 01/06/2016 09h05
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Aloysio Nunes (PSDB-SP). Foto: Jefferson Rudy /Agência Senado Jefferson Rudy / Agência Senado Aloysio Nunes

O presidente em exercício Michel Temer indicou ao Senado Federal o nome do tucano Aloysio Nunes Ferreira para exercer a função de líder do governo na Casa. A indicação, anunciada na última terça-feira (31), está formalizada em mensagem no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (1). 

Nunes, que é do PSDB de São Paulo, divulgou, também na terça, nas redes sociais, um vídeo com a sua primeira fala já exercendo a nova função. “Aceitei ser líder do governo no Senado, que é o lugar onde vai se dar a batalha pelo afastamento definitivo da presidente, para que, dessa forma, eu possa contribuir com o bom desfecho desse processo”, disse. “Eu não quero que a Dilma volte. Eu não quero que o PT volte. Isso seria uma tragédia para o País e, para que possamos evitar esse grande mal, precisamos nos esforçar muito”, completou.

Aloysio ainda fez referência à atividade econômica do País, ao defender ser necessário “estancar sangria” da “decadência da economia brasileira”. O parlamentar responde a inquérito no Supremo Tribunal Federal após ser citado na Operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção na Petrobras.