Temer já planeja anunciar pacote econômico e 90% dos ministérios nesta 5ª

  • Por Jovem Pan
  • 11/05/2016 17h55
EFE/Fernando Bizerra Jr. Michel Temer - EFE

Michel Temer já se programa para assumir a presidência da República na tarde desta quinta-feira. O vice-presidente se reuniu com líderes partidários e aliados políticos nesta quarta, no Palácio do Jaburu, e definiu o que vai fazer após o provável afastamento de Dilma Rousseff, que tem tudo para ser consumado nesta madrugada. 

Em entrevista exclusiva ao repórter José Maria Trindade, para a Rádio Jovem Pan, o deputado Osmar Terra (PMDB-RS), que estava acompanhando a votação do impeachment ao lado de Temer, revelou detalhes da agenda do presidente do PMDB.  

Terra confirmou que se Dilma for, de fato, afastada da presidência por 180 dias após a sessão desta quarta-feira, o vice-presidente da República vai falar com a nação, anunciar um novo pacote econômico e adiantar 90% dos ministérios já na tarde de quinta, em Brasília – para que Dilma seja afastada, é necessário que a maioria simples do Senado Federal vote à favor da admissibilidade do processo de impeachment. 

O Temer está tranquilo, bem-humorado, apenas aguardando o resultado da votação. Se a Dilma for afastada, será notificada às 10h de quinta-feira. A partir daí, o Temer passa a ser o presidente interino e, no início da tardedeve falar sobre os novos ministérios e sobre as primeiras medidas que deve tomar“, revelou o deputado, que será o ministro do Desenvolvimento Social caso Temer assuma a presidência. 

Osmar Terra também contou que, já na tarde de quinta-feira, o vice-presidente pretende discursar e expor os seus projetos ao País. Além disto, Temer muito provavelmente vai anunciar 90% dos ministérios e passará a palavra a Henrique Meirelles. O futuro ministro da Fazenda, então, já adiantará o novo pacote econômico do Brasil. A ideia, de acordo com o deputado, será readquirir a confiança da população. 

Ele está reduzindo o quadro para 22 ministérios. E, em um segundo momento, talvez seja até menosO Temer deve anunciar no mínimo uns 18 ministérios na quinta“, afirmou Terra. “Depois, o Meirelles deve anunciar o novo pacote econômico que, em tese, vai buscar o equilíbrio fiscal. O Temer quer diminuir despesas para equilibrar as finanças, senão a economia vira um buraco que não tem mais fim. Ele vai cortar cargos, reduzir ministérios… Primeiro passo é o equilíbrio.“, acrescentou o deputado. 

Osmar Terra finalizou a entrevista negando que Temer vá fazer grandes cortes nos programas sociais. “Os programas sociais vão ser a área mais preservada de corte“, garantiu o provável futuro ministro do Desenvolvimento Social. “Vamos apenas pegar resultados das auditorias para sermos mais eficientes nos gastos“, decretou.