Temer participa de reunião de monitoramento da crise com ministros no Planalto

  • Por Estadão Conteúdo
  • 28/05/2018 11h50
EFEA situação ainda é crítica e setores do Planalto reconhecem isso

O presidente Michel Temer está reunido com nove ministros nesta manhã desta segunda-feira, 28, para avaliar a situação da paralisação dos caminhoneiros em todo o País, após publicação das Medidas Provisórias na noite de domingo, atendendo também às reivindicações dos caminhoneiros autônomos.

Segundo fontes, as primeiras avaliações do governo, no período da manhã, são de que ainda não deu tempo de todos os caminhoneiros tomarem conhecimento das decisões do governo e por isso não deram início à desmobilização nas estradas.

Entre os presentes na reunião estão os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional), Raul Jungmann (Segurança Pública), Carlos Marun (Secretaria de Governo), Grace Mendonça (Advocacia-Geral da União), Valter Casimiro (Transportes), Rossielli Soares (Educação), Gilberto Occhi (Saúde) e o ministro interino Eumar Novacki (Agricultura).

Assim como aconteceu nos últimos dias, uma outra reunião do grupo de monitoramento da crise do abastecimento está marcada para às 17 horas quando o governo já terá um quadro melhor. Mas a situação ainda é crítica e setores do Planalto reconhecem isso

O Alto Comando das Forças Armadas também está fazendo reuniões de avaliação e terá uma nova reunião de avaliação nesta segunda de manhã.

Há uma grande preocupação também com a ameaça de greve agora dos petroleiros. Mas o governo quer deixar essa discussão para um segundo momento.