‘Tenha fé, mas vá armado’, diz deputado do PSL vítima de emboscada

  • Por Jovem Pan
  • 17/02/2020 13h52 - Atualizado em 17/02/2020 13h59
Reprodução/FacebookCarro do deputado federal Loester Trutis foi atingido por tiros

O deputado federal Loester Trutis (PSL-MS), que foi vítima de uma emboscada no último domingo, “agradeceu a Deus” por ter podido revidar o ataque e aguardar a chegada da polícia.

Durante uma viagem para Sidrolândia, o carro de Trutis foi alvejado por “ao menos cinco disparos”. Ele não foi atingido, mas reagiu a tiros também. Trutis publicou em usa página do Facebook: “Meu pai dizia: ‘Tenha fé, mas vá armado'”.

Uma equipe da Polícia Federal está se dedicando exclusivamente ao caso, apoiada pela Polícia Militar e Polícia Civil do Estado.

Agradeço o carinho de todos.Estamos bem. Meu pai dizia: " "Tenha fé, mas vá armado." Graças a Deus pude revidar e…

Posted by Loester Trutis on Sunday, February 16, 2020

Ataque

Trutis postou em seu perfil no Facebook a imagem do veículo alvejado pelos disparos, e anunciou o cancelamento de sua agenda do dia.

Ele chamou atenção no ano passado, quando ofereceu R$ 100 mil em troca de informações sobre Adélio Bispo, autor da facada no presidente Jair Bolsonaro.

A PF se manifestou sobre a emboscada. “Em razão dos fatos ocorridos na data de 16/02/2020 com o Deputado Federal Loester Carlos Gomes de Souza e em razão das indagações formuladas pela imprensa, a Polícia Federal reitera que não repassa quaisquer informações sobre investigações em andamento, em razão do sigilo necessário.”

“Não obstante, importante ressaltar que se trata de uma investigação prioritária e que foi formada equipe para trabalhar com exclusividade para a elucidação do caso, em todos os seus aspectos. A Polícia Federal é responsável pela investigação, contudo, importante ressaltar que a Polícia Civil e Militar do Mato Grosso do Sul estão apoiando os trabalhos.”

* Com informações do Estadão Conteúdo.