Tocantins tem primeiro óbito por coronavírus confirmado

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2020 08h06
EFEA prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, lamentou a morte da colega nas redes sociais

O único Estado que, até o último levantamento do Ministério da Saúde, ainda não havia registrado mortes em decorrência da covid-19 teve sua primeira vítima confirmada: uma assistente social de 47 anos, que era servidora da Secretaria Municipal de Saúde de Palmas.

Francisca Romana Sousa Chaves estava internada desde o dia 18 de março na UTI de um hospital particular e faleceu na noite da terça-feira (14). Dona Romana, como era conhecida, era hipertensa e tinha o caso classificado como grave.

Agora, todos os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal já tiveram vítimas fatais do novo coronavírus. São Paulo é o que concentra o maior número de óbitos, com 695.

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, lamentou a morte da colega nas redes sociais. “Essa é a notícia que jamais queria dar… Perdemos a Romana, nossa amiga e querida servidora da SEMUS”, disse.

Dona Romana foi o segundo dos 28 casos confirmados até o momento no Tocantins. Ela teve contato com a advogada Kellen Pedreira do Vale, primeira pessoa confirmada com covid-19 por lá.