Trabalhadores da Comlurb decretam greve por tempo indeterminado no Rio

Eles pedem que a Prefeitura do Rio de Janeiro atenda à reivindicação da categoria

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2019 10h38
Magalhães Jr./Estadão ConteúdoOs trabalhadores da companhia também querem adicional de insalubridade para agentes de preparação de comida, vigias e auxiliares de serviços gerais

Parte dos trabalhadores da Comlurb realizam uma paralisação desde a 0h desta sexta-feira (26). A informação foi dada pelo sindicato da categoria e em alguns pontos do RJ o lixo começa a se acumular pelas calçadas.

O período de greve dos garis não tem tempo determinado para terminar. Eles pedem que a Prefeitura do Rio de Janeiro atenda à reivindicação da categoria de um reajuste salarial de 10%. No entanto, a Prefeitura ofereceu reajuste de 3,73%.

Os trabalhadores da companhia também querem adicional de insalubridade para agentes de preparação de comida, vigias e auxiliares de serviços gerais.

Uma greve anterior já havia sido deflagrada nesta semana, mas não durou nem um dia. Os trabalhadores realizaram a paralisação na terça-feira (23), mas a suspenderam após a Comlurb apresentar uma proposta de reajuste. Na última quinta (25), a categoria recusou a oferta de 4% de reajuste.