Três dias antes de ser preso, Dirceu criticava o governo em seu blog

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2015 09h08

Em uma carta divulgada em seu blogJosé Dirceu se entrega

Três dias antes de ser preso na 17ª fase da Operação Lava Jato, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu criticava o governo Dilma em seu blog pessoal.

No último dia 29 de julho, a Jovem Pan noticiou texto de Dirceu cujas críticas atacavam principalmente a política econômica do governo federal. O artigo termina com a seguinte frase: “Hora de mudar de rumo, antes que seja tarde”. A frase também dá título ao texto.

Dos nove textos próprios que Dirceu escreveu desde então, todos na quinta (30) e sexta (31), dois foram também críticos ao governo. Um atacava a “lógica do capital financeiro” e o outro, “a lógica perversa da austeridade”, que estariam guiando as decisões da cúpula econômica da presidente, especialmente de Joaquim Levy, a quem Dirceu não poupa críticas.

“A inflação cairá, mas a que preço?”, questiona o ex-ministro petista, antecessor de Dilma Rousseff na Casa Civil do governo Lula, em um dos textos. No outro, Dirceu lamenta cortes da Saúde e Educação promovidos pelo governo federal.

Apesar de costumar publicar mais de cinco artigos por dia em seu blog, entre postagens próprias e republicações de outras mídias, Dirceu não subiu nenhum texto neste fim de semana.

Dirceu foi preso na manhã desta segunda-feira (03) em Brasília em nova fase das investigações sobre o esquema de propina, cartel e desvio de dinheiro aplicado na Petrobras nos últimos anos. Estão envolvidos agentes políticos e empresários, além de doleiros, mediadores e funcionários públicos e de cargos indicados na companhia petroleira.