TRF-4 abre concurso interno para preencher vaga deixada por Moro

  • Por Jovem Pan
  • 07/01/2019 19h09 - Atualizado em 07/01/2019 19h11
Lucio Tavora/Estadão ConteúdoMoro pediu exoneração da magistratura para assumir Ministério da Justiça e Segurança Pública

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargador Thompson Flores, abriu edital nesta segunda-feira (7) para escolher um novo magistrado para substituir o ex-juiz Sérgio Moro no comando da 13ª Vara de Curitiba (PR), responsável pelos processos da Operação Lava Jato.

Com a saída de Moro para ocupar o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública no governo do presidente Jair Bolsonaro, a 13ª Vara passou a ser comandada pela juíza substituta Gabriela Hardt, que tem tocado as ações da Lava Jato. Ela deve continuar no cargo interinamente pelo menos até 30 de abril.

Seleção interna

De acordo com o edital, os magistrados interessados em ocupar a vaga de juiz titular devem se inscrever até o dia 21 de janeiro na página eletrônica do concurso interno. Qualquer juiz federal titular interessado que atue não só no Paraná, mas também em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul pode participar do concurso.

Esses três estados estão sob responsabilidade do TRF-4, sediado em Porto Alegre. A preferência pela vaga se dá pelo critério de antiguidade. O Tribunal possui sob sua jurisdição atualmente 233 magistrados, dos quais oito ingressaram em 1994, sendo os mais antigos e, portanto, teriam preferência em eventual inscrição.

A escolha do novo titular da 13ª Vara Federal de Curitiba será feita feita pelo Conselho de Administração do Tribunal Regional, após análise de todos os candidatos, com base em requisitos definidos previamente pelo edital. As inscrições para a chamada “remoção” começam na próxima sexta-feira (11).

Juízes mais antigos do TRF-4

  • Luiz Antonio Bonat, da 21ª Vara Federal de Curitiba;
  • Taís Schilling Ferraz, da 24ª Vara Federal de Porto Alegre;
  • Marcelo de Nardi, da 9ª Vara Federal de Porto Alegre;
  • Alexandre Gonçalves Lippel, da 19ª Vara Federal de Porto Alegre;
  • Hermes Siedler da Conceição Júnior, da 26ª Vara Federal de Porto Alegre;
  • Eduardo Vandré Oliveira Lema Garcia, da 1ª Vara Federal de Santa Cruz do Sul;
  • Altair Antonio Gregorio, da 6ª Vara Federal de Porto Alegre;
  • Loraci Flores de Lima, da 3ª Vara Federal de Santa Maria.

*Com informações da Agência Brasil