TRF-4 condena Delúbio e mais quatro por lavagem de dinheiro

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2018 15h59 - Atualizado em 27/03/2018 16h03
Reprodução/YoutubeEx-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, teve a pena aumentada para 6 anos de prisão em regime fechado

O Tribunal Regional da 4 Região (TRF-4) condenou por lavagem de dinheiro, no âmbito da Lava Jato, o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares e os empresários Ronan Maria Pinto, Natalino Bertin e Enivaldo Quadrado, além do economista Luiz Carlos Casante. A ação penal trata do empréstimo de R$ 12 milhões ligado ao Banco Schahin e ao pecuarista José Carlos Bumlai.

O empresário Ronan Maria Pinto seria o responsável pelo recebimento dos repasses, enquanto os demais réus atuariam para disfarçar o destino do dinheiro. A Justiça ainda manteve a absolvição do jornalista Breno Altman e do executivo Sandro Tordin.

De acordo com o TRF-4, Ronan Maria Pinto teve a pena mantida em 5 anos em regime fechado. Enquanto, as condenações de Delúbio e Enivaldo Quadrado passaram de 5 anos para 6 anos também em regime fechado. O mesmo se aplica a Luiz Carlos Casante, cuja pena passou de 4 anos e 6 meses para 5 anos de reclusão em regime fechado.

Já a de Natalino Bertin subiu de 4 anos para 4 anos e dois meses em regime semi-aberto.