TRF-4 nega saída de Lula para enterro do irmão em SP

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2019 08h54
Agência BrasilDesembargador seguiu decisão de juíza e da Polícia Federal para manter o petista preso

Seguindo as decisões da juíza da Vara de Execuções Penais e da Polícia Federal, o desembargador Leandro Paulsen negou o pedido da defesa de Lula para comparecer ao enterro de Vavá, irmão do ex-presidente. A cerimônia acontecerá na tarde desta quarta (30), em São Bernardo do Campo.

Na noite de terça (30), a magistrada Carolina Lebbos já havia seguido a recomendação do Ministério Público de não permitir a saída de Lula. Mais cedo, a Polícia Federal também havia apontado que não haveriam condições logísticas e de segurança para o transporte do ex-presidente até o local do enterro.

De plantão no Tribunal Regional Federal da 4º Região nesta madrugada, Paulsen acatou os argumentos, apontando ainda os gastos da operação. “Note-se que o custo não diz respeito apenas ao transporte de um Estado para outro da Federação, mas, principalmente para a montagem de uma enorme operação de segurança para o seu cumprimento. A medida não passa, minimamente, por qualquer análise de economicidade”.

Desde abril do ano passado, o petista cumpre pena de 12 anos e um mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso triplex do Guarujá (SP), no âmbito da Operação Lava Jato. Após a sentença em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro, o caso foi analisado pelos desembargadores do próprio TRF-4, que mantiveram a decisão e ampliaram a pena. A defesa de Lula ainda recorre da sentença.