TRF4 pede vista do recurso da defesa do ex-deputado Eduardo Cunha

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2018 16h45
José Cruz / Agência BrasilTRF4 pede vista sobre recurso de Eduardo Cunha

O desembargador federal Victor Luiz dos Santos Laus fez um pedido de vista do agravo regimental interposto pela defesa do ex-deputado Eduardo Cunha em seu processo criminal no âmbito da operação Lava Jato.

Em março do ano passado, o juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-presidente da câmara a 15 anos e quatro meses de prisão pelos crimes de evasão de divisas, corrupção e lavagem de dinheiro. A defesa de Cunha recorreu da decisão e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) diminuiu a sentença para 14 anos e seis meses de reclusão.

A defesa alegou que houve divergências nas argumentações e na fixação do tempo de pena pelos desembargadores e entrou com um pedido de embargo infringente que não foi aceito pelo desembargador federal Leandro Pulsen, também do TRF4. Os advogados de Cunha, novamente, entraram com um novo recurso de agravo regimental pedindo a revisão dos embargos.

Na tarde desta quinta-feira a desembargadora federal, Cláudia Cristina Cristofani pediu vista sobre o agravo regimental o que fez com que o desembargador Laus também pedisse vista do processo. O julgamento deve ser retomado em breve durante as próximas sessões do TRF4.