Trump ameaça Irã e diz ter 52 alvos na mira caso país ataque norte-americanos

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2020 20h54 - Atualizado em 04/01/2020 21h00
EFE

O presidente norte-americano, Donald Trump, fez uma série de tuítes, na noite deste sábado (4), com ameaças ao Irã e afirmando que tem 52 alvos na mira caso o país resolva atacar americanos, como retaliação pela morte do general Qassem Soleimani.

“Que sirva de alerta de que se o Irã atacar quaisquer americanos ou instalações americanas, nós temos 52 locais iranianos como alvo (representando 52 reféns americanos feitos pelo Irã muitos anos atrás), alguns deles de alto nível e grande importância para o Irã e para a cultura iraniana, e esses alvos, e o próprio Irã serão atingidos muito rápido e com muita força. Os Estados Unidos não querem mais ameaças!”, escreveu.

Trump chama o general Qassem Soleimani de “líder terrorista” e o acusa de matar inúmeras pessoas durante sua vida.”[…] sem mencionar todas as pessoas que ele matou durante sua vida, incluindo recentemente centenas de manifestantes iranianos”, escreveu Trump.

Ataque neste sábado

Pelo menos três explosões teriam sido ouvidas em Bagdá, no Iraque, no início da noite deste sábado (4) – horário local. A informação é da agência Reuters, que também afirmou que ninguém ficou ferido.

As Forças Armadas do Iraque informaram em nota que vários foguetes atingiram a Praça da Celebração, na Zona Verde, o bairro de Jadryia, e a base aérea de Balad, local que abriga forças norte-americanas a 80 quilômetros ao norte de Bagdá.

O ataque com um foguete na Zona Verde não deixou ninguém ferido. A Reuters aponta que outros dois foguetes atingiram a base militar de Balad. A Agência também relata que uma casa no bairro Jadryian foi atingida e deixou cinco feridos.