Um dia após protestos, Moro diz que ‘governos passam e instituições ficam’

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2019 18h27
Mateus Bonomi/Estadão ConteúdoMinistro participou nesta segunda de aula inaugural dos cursos de formação da Polícia Federal

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse nesta segunda-feira (1°) que os “governos passam e as instituições ficam”. A declaração aparece um dia depois das manifestações de rua realizadas a favor da Operação Lava Jato pelo País.

Moro participou nesta segunda da aula inaugural dos cursos de formação da Polícia Federal no teatro da Academia Nacional de Polícia, em Brasília. Ele proferiu a primeira aula aos alunos, na presença do diretor-geral da PF, delegado Maurício Valeixo, e outros dirigentes da corporação e presidentes de entidades de classe.

O ministro ressaltou que o governo quer “fortalecer a PF” por ser “estratégica para o País”. Ele sinalizou ainda posicionamento sobre uma pauta encampada há anos pelos sindicatos e entidades de classe ligados à carreira: a autonomia administrativa.

A Polícia Federal está sob o guarda-chuva do Ministério da Justiça. Os delegados fazem campanha e buscam no Congresso apoio a uma Proposta de Emenda Constitucional que a confere total independência.

*Com Estadão Conteúdo