Usuários do Twitter lançam hashtag #CongressoSemRecesso e pedem a votação de reformas

  • Por Jovem Pan
  • 07/06/2019 16h29 - Atualizado em 07/06/2019 16h30
Agência BrasilDentre os questionamentos, figuravam a quantidade de projetos a serem aprovados

Os usuários do Twitter levantaram uma polêmica nesta sexta-feira (7) sobre o recesso parlamentar do Congresso Nacional, que ocorre de 18 a 31 de julho e de 23 de dezembro a 1 de fevereiro. A hashtag #CongressoSemRecesso foi uma das mais utilizadas.

Dentre os questionamentos, figuravam a quantidade de projetos a serem aprovados e o fato dos outros trabalhadores terem direito a apenas 30 dias de férias por ano. O “twitaço”, que significa uma onda de tweets para deixar um assunto em evidência, pedia a votação de medidas como a Reforma Previdência e da reforma tributária.

Confira alguns dos tweets:

O recesso parlamentar é a suspensão das atividades do Congresso Nacional, e ocorre nos períodos de 18 a 31 de julho e de 23 de dezembro a 1º de fevereiro. Para haver o recesso de julho é necessário que o Congresso aprove o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Com objetivo de zelar pelas prerrogativas do Legislativo, funciona no período de recesso a Comissão Representativa (ver verbete), à qual são conferidos alguns poderes, como o de aprovar créditos adicionais solicitados pelo governo e fiscalizar os atos do Executivo.