Vale anuncia ‘apoio financeiro humanitário’ de até R$ 50 mil para vítimas de Brumadinho

  • Por Jovem Pan
  • 01/02/2019 18h06
Antonio Lacerda/EFEEmpresa ressaltou que "apoio financeiro humanitário é uma doação" para "minimizar possíveis incertezas dos atingidos"

A Vale anunciou nesta sexta-feira (1°) que vai ampliar seu apoio financeiro às vítimas do rompimento de uma barragem da mineradora em Brumadinho, Minas Gerais. Além do já anunciado auxílio de R$ 100 mil para famílias de mortos e desaparecidos, a empresa distribuirá um adicional aos que moravam ou tinham atividades na Zona de Autossalvamento (ZAS) do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM).

“Serão criadas duas categorias de apoio: uma para todas as famílias que residiam na ZAS, que receberão a doação no valor de R$ 50 mil; e outra para os que não têm residência na região da ZAS, mas desenvolviam atividades rurais ou comerciais cadastradas pela companhia quando da elaboração do PAEBM. No segundo caso, a doação será de R$15 mil”, disse, em nota. Os procedimentos para recebimento serão divulgados na próxima semana.

A Vale ainda ressaltou que esse “apoio financeiro humanitário é uma doação” para “minimizar possíveis incertezas dos atingidos”. “Não se trata de indenização, que será acordada entre as partes em conjunto com as autoridades”, explicou.

Nesta sexta, o trabalho de busca e resgate do Corpo de Bombeiros chegou ao oitavo dia. Já foram confirmados 110 óbitos e 238 desaparecidos.