Vale libera auxílio-funeral para famílias de vítimas em Brumadinho

  • Por Jovem Pan
  • 01/02/2019 15h19 - Atualizado em 01/02/2019 15h28
Alessandra Torres/Estadão ConteúdoValor é de cerca de R$ 4 mil

Sete dias após o rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, em Minas Gerais, a Vale disponibilizou auxílio-funeral para as famílias que perderam parentes. Gastos com documentação, sepultamento e outros auxílios financeiros relacionados foram liberados para famílias de funcionários, terceirizados e cidadãos de Brumadinho. O auxilio-funeral terá o valor de R$ 3.928,34.

“A cobertura inclui procedimentos como despesas com cartório, incluindo certidão de óbito, translado de corpos, urnas, adornos, jazigos, sepultamento e afins”, disse a Vale, em nota. O texto ainda explica que uma empresa especializada foi contatada para prestação dos serviços.

Uma equipe da Vale está de plantão no IML, Instituto Médico Legal, em Belo Horizonte, onde os corpos estão sendo identificados. As famílias podem solicitar a assistência no local. Além disso, a empresa também receberá solicitações de atendimento psicológico pelos seus canais oficiais.

A mineradora também dispõe de 10.200 itens farmacêuticos e 7.900 litros de água mineral para doar à comunidade. Hospedagem faz parte dos itens disponibilizados pela companhia.

Os postos de atendimento onde familiares e vítimas podem entrar em contato pessoalmente com equipes da Vale foram montados na Estação do Conhecimento de Brumadinho, na sede do Ginásio Poliesportivo da cidade, na Escola de Casa Branca, na Associação Comunitária Parque da Cachoeira, no Centro Comunitário Córrego do Feijão, no IML de Belo Horizonte, e nos hotéis Intercity e Go Inn, ambos em BH.

*com informações da Agência Brasil