Vítima de feminicídio, estudante de 19 anos que foi queimada pelo namorado é enterrada no Dia da Mulher

  • Por Jovem Pan
  • 08/03/2019 16h43
Reprodução/FacebookInconsciente, vítima ainda teria sido estuprada pelo cunhado

O Dia Internacional da Mulher, celebrado neste 8 de março, marca a luta feminina por direitos. Entretanto, a morte de Isabela Miranda de Oliveira fez com que a data – neste ano – se tornasse símbolo de algo que ainda precisa ser combatido: a violência.

Agredida e queimada pelo namorado no fim de semana, a jovem de 19 anos não resistiu. Com 80% do corpo queimado, ela morreu. Morta, foi enterrada em Caieiras, na Grande São Paulo, nesta quarta-feira (8) – triste coincidência, o Dia da Mulher.

O agressor, William Felipe de Oliveira Alves, de 21 anos, foi preso em flagrante. Ele teria visto a namorada na cama com o namorado da irmã dela – rapaz que, por sua vez, foi preso por estupro. A vítima estaria dormindo no quarto, após passar mal.

O caso de feminicídio ainda está sendo investigado pela Polícia Civil. No local do crime, que deveria ser apenas um ponto de encontro de amigos que pretendiam fazer churrasco no carnaval, duas facas foram apreendidas. A perícia por lá, mas ainda não há laudos.