Witzel anuncia cúpula da segurança pública e secretários de Trabalho e Governança; confira

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2018 18h39
Fernando Frazão/Agência BrasilWitzel decidiu manter na segurança nomes de destaque da gestão atual

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), anunciou nesta terça-feira (13) os novos secretários das polícias Civil e Militar, que terão comandos distintos com a extinção da pasta de Segurança Pública. Os nomes já tinham destaque na gestão de Luiz Fernando Pezão (MDB).

O delegado Marcus Vinícius Braga será encarregado da Polícia Civil. Atualmente, ele dirige o Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE). Na PM, a chefia será do coronel Rogério Figueiredo de Lacerda, que hoje coordena as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

Witzel também anunciou que a Secretaria de Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros continuarão sob a ordem do coronel Roberto Robadey Júnior. Já a Casa Civil, transformada em Secretaria de Estado de Governança, ficará com José Luís Cardoso Zamith – atual coordenador de transição.

O advogado Lucas Tristão será o chefe da pasta de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda, nova nomenclatura da Secretaria do Trabalho e Renda. O delegado federal Bernardo Cunha Barbosa será o controlador-geral e o advogado Marcelo Lopes da Silva, o procurador-geral do estado.

Ex-juiz federal, Wilson Witzel se elegeu apresentando-se como uma “novidade”, criticando práticas de “políticos tradicionais”. Eleito em segundo turno, ele tem dito que suas escolhas para o secretariado são técnicas, sem se pautarem por critérios políticos.

Confira a lista de nomes para o secretariado anunciada nesta terça:

  • Secretaria da Polícia Civil: Marcus Vinícius Braga
  • Secretaria da Polícia Militar: Rogério Figueiredo de Lacerda
  • Secretaria da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros: Roberto Robadey Júnior
  • Secretaria de Governança: José Luís Cardoso Zamith
  • Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda: Lucas Tristão
  • Controladoria-Geral do Estado: Bernardo Cunha Barbosa
  • Procuradoria-Geral do Estado: Marcelo Lopes Silva

*Com informações do Estadão Conteúdo