Witzel: Programa para segurança pública não se resume a frase sobre abater criminosos

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2018 17h17
Fernando Frazão/Agência BrasilNa campanha eleitoral, governador eleito do Rio disse que snipers abateriam suspeitos com fuzis

Após falar sobre “abater criminosos” armados com fuzis, o governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou nesta sexta-feira (23) que seu programa para a segurança pública não se resume a “uma frase”. Segundo ele, o enfrentamento ao crime será acompanhado de ações sociais dedicados à urbanização de favelas.

“Nosso objetivo maior não é abater criminosos, simplesmente. É mostrar que o crime não compensa”, afirmou. Witzel participou de encontro anual da Associação da Escola de Direito de Harvard do Brasil, no Rio. As políticas do novo governo devem incluir reestruturação de polícias e do sistema carcerário, indicou ele.

Comunidade Cidade

Para urbanizar favelas, a futura gestão pretende criar um projeto chamado “Comunidade Cidade”. Com o estado em crise, Witzel foi questionado sobre a origem dos recursos para as ações previstas e citou que, após reunião com o presidente da Petrobras, Ivan Monteiro, constatou que os investimentos da estatal para o próximo ano são “motivadores”.

Atiradores de elite

Durante a campanha eleitora, o ex-juiz agora eleito prometeu usar atiradores de elite para “abater” suspeitos que forem flagrados portando fuzis. “Se for um ato em confronto, em que o policial está acobertado por uma excludente de ilicitude, não é homicídio, é morte em combate”, afirmou em entrevista concedida no início de novembro.

*Com informações do Estadão Conteúdo