Budapeste acolherá concurso de miss para mulheres em cadeira de rodas

  • Por Agencia EFE
  • 14/01/2014 14h45

Budapeste, 14 jan (EFE).- Mostrar que para as mulheres incapacitadas a beleza é importante, assim como a feminilidade e o êxito é o objetivo do concurso “Miss Colours International 2014”, um concurso de beleza para mulheres em cadeiras de rodas que será realizado em Budapeste no dia 22 de março.

“O Miss Colour International quer mostrar a vida dos incapacitados, fazer uma chamada à igualdade de oportunidades e, junto à luta pela acessibilidade, se centrará também na mudança climática”, explicaram nesta terça-feira os organizadores da reunião em comunicado.

O impulsor do concurso é Tibor Kazány, responsável pela edição húngara do concurso realizado desde 2012.

Kazány argumentou que seu desejo é “romper todas a barreiras”, já que, opinou, os incapacitados, como ele mesmo, têm menos possibilidades de alcançar suas metas.

O prazo de recepção de candidaturas já foi aberto e as condições para as participantes são ser maior de 18 anos e andar sobre cadeira de rodas.

O campeão paralímpico húngaro de esgrima em 1992 e 1996, Pál Szekeres, assegurou que “os incapacitados também querem viver uma vida completa, trabalhar e praticar esportes e mostram um exemplo de perseverança e de força de vontade”, segundo o comunicado.

No final de fevereiro, o júri, composto por personagens da vida social húngara, elegerá as oito finalistas, que participarão de uma preparação para a final de 22 de março na capital da Hungria. EFE