Câmara rejeita pedido de feriado em São Paulo nos dias de jogos do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2014 08h19

A Câmara Municipal de São Paulo rejeitou pedido de feriado em dias de jogos do Brasil, e Fernando Haddad decide que o rodízio valerá para o dia inteiro. Os líderes partidários na casa não aceitaram a forma como o Executivo queria passar a matéria incluindo o pedido de Haddad em outro projeto de lei.

O prefeito teme a repetição dos 302 quilômetros de congestionamento da última terça-feira, no jogo do Brasil contra Camarões nesta segunda-feira. Falando a Anderson Costa, Fernando Haddad disse entender a preocupação do comércio com tanto feriado, mas cita três eventos capazes de gerar o caos.

*Ouça os detalhes no áudio

O prefeito decretou ponto facultativo na segunda-feira, entre as medidas para evitar o caos na cidade. O presidente da Associação Comercial de São Paulo, Rogério Amato, é contra a decretação de mais um feriado.

Já o relator do projeto de lei do Executivo entende que a cidade viverá outro dia de caos. O vereador Alfredinho, do PT, assinalou que dois jogos de apelo popular devem parar a cidade.

E vereador da oposição entende que é hora do prefeito definir as prioridades para votação na Câmara. Falando a Gustavo Aguiar, o tucano Andrea Matarazzo enfatizou que Fernando  Haddad vai continuar sofrendo derrotas no plenário.

E a prefeitura divulgou nota para anunciar que o prefeito Fernando Haddad decretou ponto facultativo na prefeitura, nesta segunda-feira. As aulas continuam suspensas na mesma data e o rodízio para veículos com 1 e 2 no final das placas será prolongado de 7h até as 20h.

O funcionamento das faixas exclusivas de ônibus vai incorporar o período diurno inteiro entre os horários regulares dos picos da manhã e noite. A Prefeitura promoverá uma campanha informativa para a população da cidade em meios de comunicação.

A CET fixará faixas com as mudanças nas vias, alertando os motoristas para as regras que irão vigorar na segunda e que serão fiscalizadas. As mensagens pedirão que se evite deslocamentos desnecessários e que se priorize o uso do transporte coletivo nos trajetos mais longos.

Sempre que possível, os motoristas devem oferecer carona e evitar a Radial Leste, que será fechada das 7h às 17h, a partir de Artur Alvim. E quem viajou no feriado prolongado, deve programar a volta para o domingo ou só depois do jogo do Brasil, na segunda-feira.